23 fev

Como agir em caso de picada de escorpiões

Todos os anos, diversos casos de acidentes com escorpiões são registrados no Brasil. A melhor maneira de evitar que situações assim ocorram é a prevenção, mantendo a casa e arredores sempre limpos, vedando frestas por onde os escorpiões possam entrar, além de examinar roupas e calçados antes de usá-los.

Entretanto, apesar de todos os cuidados, é possível que algum acidente venha a ocorrer. Os sintomas da picada variam de acordo com o escorpião. Os mais comuns são dores fortes, sensação de ardência ou agulhadas e inflamação no local. Em casos mais graves podem causar enjoo e vômitos, suor intenso, aumento da frequência cardíaca, dificuldade para respirar, queda de pressão, tontura, sonolência ou agitação.

Diante dessas situações é importante tomar algumas medidas.

Primeiro, e mais importante em qualquer situação de risco, é manter a calma, sobretudo se houver alguma criança envolvida.

Em seguida, lave o local da picada com água e sabão, mas não esprema, ou tente sugar. Você também pode aplicar gelo no local, o que irá reduzir o inchaço e aliviar a dor.

É imprescindível, também, levar a pessoa até um serviço de emergência, para que seja tratada de maneira adequada. O ideal é levar consigo uma foto do escorpião responsável pela picada ou, se houver segurança, levar o próprio animal capturado. Isso irá facilitar na hora de decidir o melhor tratamento para o paciente.

Se você está encontrando escorpiões na sua casa, entre em contato hoje mesmo com a Solaris e agende uma visita.

RELATED POSTS

DEIXE SEU COMENTÁRIO